Dicas para dormir num Hostel

Sempre que viajamos estipulamos um valor máximo por noite, assim torna-se mais fácil a busca pela melhor estadia. Escolhemos sempre o quarto tendo em conta o preço, localização central e pontuação no Booking.

Em Londres, infelizmente, fica caríssimo arranjar um quarto de casal pelo que desta vez fomos mesmo obrigados a escolher um hostel.

Vimos muitos a preços até mais em conta do que o escolhido mas eram ZERO em privacidade… Quartos com 30 beliches eram impensáveis!!
A solução foi encontrar um quarto com máximo 8 beliches e com cortinas… Sim, Cortinas!!

Barato, boa pontuação, central, com cortinas, WC no quarto e com apenas mais 6 estranhos… Quase “perfeito!” 😕👌

Mas, na verdade, foi um choque quando entrei no quarto e vi tantaaaaaa gente (eram só 3 rapazes), tudo tão apertadinho e SEM CORTINAS!!!!
Se pudesse tinha apanhado o avião para casa, na hora! 😂

Refeita do susto e depois de ter feito 1001 planos de sobrevivência para a primeira noite, posso-vos dizer que parece pior do que é…

As cortinas conseguimos fazer com toalhas de banho e o cachecol na primeira noite, no dia seguinte colocaram-nas…

DSC_4312-1_512x768
Eramos os últimos a entrar no quarto e os últimos a sair, assim podíamos fazer barulho à vontade e já tínhamos as luzes acesas.
Os hóspedes vão mudando mas acabamos por passar as 4 noites praticamente sempre com as mesmas pessoas.

Poupamos imenso em refeições porque assim podíamos jantar na sala de convívio do Hostel ( tinha microondas) e passávamos lá o resto do serão até à hora de ir dormir e ainda convivemos com alguns portugueses. A faixa etária era maioritariamente dentro dos 25 anos mas vimos lá famílias, que até eram portuguesas.

Queremos assim ajudar algumas meninas, que tal como eu, não prescindem de privacidade e vêem nos hosteis um bicho de sete cabeças… Continuará a ser a nossa última opção 😅, mas para cidades caras, acreditem que vale a pena.

As dicas que deixamos são:
– Escolham um quarto com poucos beliches, são mais caros mas compensa na mesma.
– Levem toalha de banho, chinelos, máscara para os olhos (por causa da claridade) e tampões para os ouvidos
– Levem talheres de plástico para as refeições que podem aquecer no microondas
– Levem cadeado para o cacifo
E acima de tudo, levem espírito e mente aberta… E pensem no que vão economizar e assim já podem visitar mais um museu ou experimentar uma atracção.

P. S- Não reparem na desarrumação, essas são as camas dos vizinhos… 😂

 

 

 

Deixe uma resposta