Madeira, uma escapadinha na pérola do Atlântico

Nem sempre é possível termos disponibilidade para viagens prolongadas e nesse caso, somos obrigados a visitar sítios fantásticos num curto espaço de tempo.

Foi o caso da Ilha da Madeira, que merece bem uma semana mas numa escapadinha de 2 dias, tivemos que conciliar os pontos turísticos mais importantes!

A viagem à Ilha da Madeira, implica o aluguer de uma viatura, principalmente quando vão com muito pouco tempo… Assim andam por onde querem com total independência. Nós alugamos a nossa na Guerin e alertamos para terem em conta a cilindrada do carro, pois irão encontrar subidas muito ingremes em alguns pontos da ilha.

O clima é ameno, as temperaturas agora no inverno rondam os 16-19 Graus e tanto está sol como a seguir está a chover. As partes mais altas da ilha, são mais frescas!

O que não podem perder na ILHA DA MADEIRA? 

Mercado dos Lavradores – É um óptimo ponto de partida para conhecer os aromas, sabores e tradições da ilha. Tenham em atenção que ENCERRA ao Domingo.

Logo na entrada, encontrarão bancas com muitas espécies de flores, raízes e bolbos, todas típicas da região… Também existem bancas com frutas exóticas, se os vendedores vos questionarem se querem provar, não tenham receio e experimentem tudo.

No piso inferior, estão as riquezas do mar… muitas bancas com Atum e Espada frescos. Estes são os peixes mais usados na gastronomia Madeirense!

Rua Santa Maria – É muito conhecida pelas suas portas com obras de arte. Aproveitem para fotografar de dia, pois à noite, as portas abrem-se e dão vida a bares e restaurantes, tornando-a na rua mais existêncial da noite Funchalense.

Marina do Funchal – Aproveite para dar uma caminhada ao longo da avenida da Marina. Encontrará a estátua do Cristiano Ronaldo, perto do Museu CR7.

Carreiros do Monte – Os famosos “carros de cestos” são uma das atrações mais conhecidas da Madeira. Estes carros são produzidos artesanalmente, com vimes e madeira. ENCERRA ao Domingo.

Teleférico do Funchal – Permite-lhe viajar entre a Zona Velha do Funchal e a freguesia do Monte com uma fantástica vista sobre o Funchal.

Eira do Serrado – Um miradouro situado a uma altitude de 1095 m que oferece uma deslumbrante vista sobre a freguesia do Curral das Freiras.

Pico do Areeiro –  Este miradouro situa-se no segundo pico mais alto da ilha da Madeira, com 1818 metros de altitude, e tem uma excelente vista panorâmica sobre o maciço central da ilha da Madeira. Aqui podem iniciar (com apenas 2 dias, não aconselhamos!) um dos mais espetaculares percursos pedestres em direção ao ponto mais alto do arquipélago, o Pico Ruivo, com 1.862 metros.

Santana – Aqui estão dispostas algumas Casas Típicas de Santana, todas elas adaptadas ao contexto atual, onde é possível adquirir uma grande variedade de produtos regionais.

Miradouro da Rocha do Navio – Em Santana, este miradouro de cortar a respiração, proporciona uma excelente vista sobre o mar, o Ilhéu da Viúva e sobre a região circundante.

Véu da Noiva – Localizado entre o Seixal e São Vicente, este miradouro permite visualizar a cascata do Véu da Noiva e a costa norte da Ilha da Madeira.

Ribeira da Janela – O seu nome deve-se a um ilhéu que se ergue a cerca de 100 metros da foz da ribeira e que apresenta uma abertura que parece uma janela aberta. Mais uma vista deslumbrante!

Porto Moniz  As Piscinas Naturais são o grande “ex-libris” da vila do Porto Moniz. São compostas por rochas vulcânicas onde o mar entra naturalmente. Atenção que existem duas piscinas nesta vila, as Piscinas Naturais do Cachalote e Piscinas do Porto Moniz.

Ponta do Pargo – O miradouro do Farol da Ponta do Pargo é o ponto mais ocidental da ilha e permite observar um magnifico pôr do sol.

Cabo Girão – O mais alto promontório da Europa e o segundo mais alto do mundo (580 m), oferece magníficas panorâmicas sobre o oceano e os municípios de Câmara de Lobos e do Funchal, na sua plataforma suspensa em vidro.

Miradouro do Cristo Rei – Neste miradouro, encontra-se uma estátua do Cristo Rei e uma excelente vista panorâmica sobre o Oceano Atlântico, a Reserva Natural do Garajau, parte da baía do Funchal e o Caniço de Baixo.

Miradouro Ponta do Rosto – Um dos miradouros mais bonitos da ilha! Aqui é possível vislumbrar tanto a costa norte, como a costa sul da Madeira. Em dias de céu limpo também é possivel avistar  a Ilha do Porto Santo.

Ao longo da vossa road trip, encontrarão muitos miradouros que não conseguimos nomear aqui, aconselhamos a que tentem ver o máximo que puderem. Relembramos que estas dicas são apenas para 2 dias de viagem, existe muito mais para ver e fazer se forem com tempo!

O que beber?

-Poncha

-Vinho da Madeira

-Brisa Maracuja

28449880_1014610232035483_2084985162_n (1)

O que comer?

-Bolo do Caco

-Filete de Espada com Banana

-Espetada em pau de Louro

-Lapas

-Milho Frito

-Pudim de Maracuja

-Bolo de Mel

Onde dormir?

Nós preferimos ficar alojados no centro do Funchal. Para escolheres o teu hotel pesquisa no booking através do nosso link e assim ainda ajudas o blog.

Bibliografia: http://www.visitmadeira.pt
Fotografias: Gato Vadio

0 Replies to “Madeira, uma escapadinha na pérola do Atlântico”

  1. Deu vontade de visitar! Que cores na comida… brutal! Grande Post 🙂

    1. Obrigada! 😉

Deixe uma resposta